Blog - Últimas notícias
"Bottle Mail Ltd" por Entangled-Minds

A Pequena Garrafa de Vidro

A Pequena Garrafa de Vidro (The Little Bottle of Glass) é um dos primeiros contos de H.P. Lovecraft e faz parte da sua juvenilia (conjunto de trabalhos artísticos produzidos durante a infância), escrito quando tinha entre 5 e 6 anos de idade. No conto, o capitão William Jones se depara com uma estranha garrafa de vidro próxima ao seu navio e resolve investigar seu conteúdo. Apesar do texto original conter diversos erros de ortografia, a tradução foi adaptada para um melhor entendimento do texto original. Capa: “Bottle Mail Ltd” por Entangled-Minds

“Alto! Há algo flutuando a sotavento”. O locutor era um homem pequeno e atarracado cujo nome era William Jones. Ele era o capitão de um pequeno laúde no qual ele e sua tripulação velejava quando começa esta história.

“Sim, senhor” respondeu John Towers, e pararam o barco. Capitão Jones alcançou com a mão o objeto que discerniu como sendo uma garrafa de vidro. “Nada mais que uma garrafa de rum lançada dum barco transeunte” disse ele mas por um impulso de curiosidade ele a alcançou. Era um frasco de rum e estava quase jogando fora quando notou um pedaço de papel dentro. O retirou de dentro e leu o seguinte:

1 de janeiro de 1864
Sou John Jones quem escreve esta carta. Meu navio está afundando rapidamente com um tesouro a bordo. Estou no ponto * marcado no mapa anexo:

Capitão Jones inverteu a folha e o outro lado era um quadro:

Mapa com a localização do naufrágio.

Cuja extremidade estava escrito:

As linhas pontilhadas representam nosso curso

“Towers” disse o capitão Jones excitado, “Veja isto”. Towers fez o que lhe fora ordenado. “Acho valeria a pena pagar pra ver, não acha?” questionou o capitão Jones. “Do modo como disseste” respondeu Towers. “Alugaremos uma escuna hoje mesmo” disse o capitão de forma animada. “Tudo bem” disse Towers, então alugaram um barco e começaram a seguir as linhas pontilhadas do desenho. Em quatro semanas alcançaram o lugar onde foram direcionados e os mergulhadores desceram, e voltaram com uma garrafa de ferro na qual encontraram as seguintes linhas rabiscadas num pedaço de papel marrom:

3 de dezembro de 1880
Prezado Pesquisador, desculpe-me pela peça que lhe preguei, mas bem lhe cabe não encontrar nada pelo seu tolo ato—

“Bem, é mesmo. Continue.” disse o capitão Jones.

Porém custearei suas despesas de ida e vinda do local onde encontrou sua garrafa. Creio que será $25.0.00, então essa quantia acharás numa caixa de ferro. Sei onde encontrou a garrafa porque pus esta garrafa aqui junto com a caixa de ferro, e depois encontrei um bom lugar pra pôr a segunda garrafa. Esperando que o dinheiro incluso custeie alguma despesa tua, me despeço aqui. – Anônimo.

“Gostaria de arrancar sua cabeça!” disse o capitão Jones. “Aqui mergulhador, vá e busque os $25.0.00”. Num minuto o mergulhador subiu carregando uma caixa de ferro, e dentro foi encontrado $25.0.00. Isso pagou pelas suas despesas, mas dificilmente acredito que eles irão novamente para um lugar misterioso direcionados por uma garrafa misteriosa.


Tradução Original: Mário Jorge Lailla Vargas
Revisão: Fernando Ticon
Texto Original: hplovecraft.com